Itaú, Bradesco e o HSBC – Marcando a Proa

ago 8, 2015 Discussão

 

Robert Sheidt

Recentemente, foi anunciada o encerramento das operações do HSBC no Brasil e, na sequência, a compra das operações do HSBC pelo Bradesco.

O que vem depois?

Nas olimpíadas de 2000 em Sidney, o velejador britânico Ben Ainslie competiu com o grande atleta e velejador brasileiro Robert Sheidt pela medalha de ouro com uma estratégia simples: marcou seu adversário. Só isso. Deu certo e o britânico ficou com o ouro.

Marcar o adversário é simples e pode funcionar.

O Itaú é hoje o maior banco do país. E assim permanecerá após a união de Bradesco e HSBC. Ou seja, é o líder. É o alvo. É o benchmark a ser acompanhado. É a proa.

A tabela abaixo mostra a carteira de crédito do Itaú.

ITAÚ (Consolidado) Crédito (R$ Mil) % Market Share %
Total do Exterior R$ 209.342.078 36,40% 46,50%
Total da Carteira PF R$ 203.663.664 35,40% 14,00%
Indústrias de Transformação R$ 56.669.036 9,90% 12,70%
Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas R$ 36.128.980 6,30% 12,30%
Outros R$ 24.820.834 4,30% 10,20%
Transporte, Armazenagem e Correio R$ 15.466.132 2,70% 9,60%
Construção R$ 13.121.216 2,30% 11,70%
Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aquicultura R$ 7.129.344 1,20% 14,20%
Serviços Industriais de Utilidade Pública R$ 6.501.593 1,10% 4,50%
Indústrias Extrativas R$ 1.756.288 0,30% 4,50%
Total não Individualizado R$ 59.584 0,00% 21,50%
Administração Pública, Defesa e Seguridade Social R$ 4.907 0,00% 0,00%
Atividade não Informada ou não se Aplica R$ 790 0,00% 0,00%
Total R$ 574.664.446 100%

 


Considerando a compra da carteira do HSBC de forma integral e desconsiderando-se a possibilidade de operações coligadas entre Bradesco e HSBC, pode-se montar a carteira combinada do novo Bradesco pela simples adição de suas operações.

BRADESCO (Consolidado) + HSBC Crédito (R$ Mil) % Market Share %
Total da Carteira PF R$ 160.604.020 33,92% 11,00%
Total do Exterior R$ 114.680.815 24,22% 23,10%
Indústrias de Transformação R$ 52.787.029 11,15% 8,80%
Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas R$ 49.053.278 10,36% 12,80%
Outros R$ 36.274.033 7,66% 12,80%
Transporte, Armazenagem e Correio R$ 18.737.309 3,96% 10,60%
Construção R$ 24.727.899 5,22% 19,80%
Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aquicultura R$ 8.119.810 1,71% 14,00%
Serviços Industriais de Utilidade Pública R$ 6.061.118 1,28% 3,70%
Indústrias Extrativas R$ 2.346.934 0,50% 5,40%
Total não Individualizado R$ 87.881 0,02% 29,50%
Administração Pública, Defesa e Seguridade Social R$ 7.517 0,00% 0,00%
Atividade não Informada ou não se Aplica R$ 1.929 0,00% 0,00%
Total R$ 473.489.572 100%

 

Utilizando o Itaú como referência, é possível determinar a diferença entre ambos e inferir sobre a próxima aquisição ideal do Bradesco.

Próxima aquisição Crédito (R$ Mil) %
Total do Exterior R$ 88.982.849 62,64%
Total da Carteira PF R$ 48.738.058 34,31%
Indústrias de Transformação R$ 3.882.007 2,73%
Serviços Industriais de Utilidade Pública R$ 440.475 0,31%
Total R$ 142.043.389 100%

 

Resumindo: para seguir a proa, falta um banco a ser adquirido com mais foco em operações no exterior do que na pessoa física ou na indústria doméstica.

Quem será este candidato?

O Sistema TRISK, integrante da Plataforma Integrada de Risco Duxus (http://www.duxus.com.br) possui informações históricas para análise e comparação da carteira de crédito de instituições financeiras individuais e conglomerados.

935 Visualizações 1 Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *